Como usar o plástico bolha da melhor maneira?

 

Quando falamos em proteção de objetos, uma das primeiras coisas que vêm à mente é o plástico bolha. Seja no momento da mudança ou para garantir a integridade dos produtos de sua loja online, esse material plástico é extremamente utilizado. Contudo, quando não usado da maneira correta sua eficiência não é total, não protegendo totalmente o produto ou móvel. Sendo assim, acompanhe o post de hoje até o fim e aprenda de uma vez por todas como usar o plástico bolha da melhor maneira.


O que é o plástico bolha?


Ele geralmente é composto em sua maioria por polietileno, sendo um material elástico extremamente resistente a rasgos e rupturas. Ele é ideal para proteger os mais variados objetos, desde itens pequenos, como copos e celulares, até peças maiores como geladeiras e TV.
Ao contrário dos plásticos comuns, o plástico bolha possui uma camada extra além da superfície lisa, que é formada pelas bolhas de ar comprimido. Contudo, ainda que seja resistente, as bolhas podem acabar estourando devido ao ressecamento do plástico e os impactos. Sendo assim, para aproveitar ao máximo seus benefícios e evitar que isso ocorra, é necessário utilizar o material corretamente.


Como usar o plástico bolha da maneira certa?


Nas mudanças, seus móveis e pertences passam por diversas mãos até chegar em seu novo imóvel. No entanto, quando falamos de produtos adquiridos na internet, a cadeia de logística envolve diversos outros processos e movimentações.


Desde sua saída do estoque até a chegada na casa do cliente final, a mercadoria pode sofrer com batidas, umidade, calor, raios solares e diversos outros fatores externos. Sendo assim, o plástico bolha serve para evitar que as movimentações e outros perigos prejudiquem a integridade do produto, pois absorve e amortece os impactos, além de ser impermeável.
Confira abaixo o passo a passo para embalar corretamente seus itens e produtos:


1. Verifique se todo o produto está envolvido


A primeira dica para promover maior eficácia da embalagem de proteção é garantir que o plástico bolha envolva toda a mercadoria, sem qualquer brecha ou folga. Sendo assim, o recomendado é utilizar a peça inteira da embalagem, verificando ainda se não existem rasgos ou emendas na superfície. Vale lembrar também que ao embalar todo o produto, você evita a entrada de água e reduz os riscos de danificar partes do produto durante seu processo de movimentação.


2. Fixe o plástico bolha com fita adesiva


Essa embalagem é produzida em peças únicas com diferentes metragens. Portanto, o plástico bolha não possui nenhum tipo de adesivo ou sistema de fechamento. Então, para fixar a embalagem, o recomendado é utilizar uma fita adesiva de boa qualidade e prender nas junções corretas. Além disso, confira ainda se ao final do processo todo o pacote está seguro para ter certeza que não sobraram pontas soltas que possam permitir a entrada de água, poeira, etc.


3. Escolha a embalagem do tamanho correto


Existem diversas variações do plástico bolha para garantir total proteção dos mais diferentes objetos, de acordo com a necessidade de amortecer os impactos. Por exemplo, na Estopack temos bobinas de 0,60 e 1,20 metros de altura com comprimento do rolo de 100 metros. No entanto, existe ainda a possibilidade de consultar outras medidas e por isso você precisa ficar atento ao que realmente necessita.


Por exemplo, para produtos pequenos, o ideal é utilizar o modelo com bolhas de ar menores, enquanto que para mercadorias grandes, como geladeira, o recomendado é apostar em plástico com bolhas maiores a fim de suportar o peso.


Agora, se não for possível estimar a quantidade de plástico bolha necessária para realizar a embalagem do produto, o ideal é fazer primeiro a embalagem enrolando todo o objeto, para somente depois realizar o corte.


4. Confirme se está usando o lado certo do plástico bolha


O lado correto do uso do plástico bolha é com as bolinhas de ar para dentro da embalagem. Com isso, a peça que será envolta pelo material fica em contato direto com as esferas de ar, proporcionando assim maior qualidade na embalagem. É fato que muitas pessoas utilizam o plástico bolha com as bolinhas viradas para fora, mas dessa forma seu efeito se torna menos eficiente.


Vale lembrar ainda que em mudanças, muitos acreditam não ser necessário embalar os colchões, visto que não quebram. Contudo, o plástico bolha é uma maneira de proteger o objeto contra sujeiras, poluição, chuva e outros fatores externos que podem impactar o tecido do colchão, reduzindo sua durabilidade e até mesmo influenciando em sua saúde. Por fim, ele também pode ser usado em sofás, principalmente com cores mais claras devido aos fatores citados acima. Afinal, nada pior do que ter um colchão ou sofá manchados pela falta de cuidado, certo?


Então, agora que você sabe como utilizar o plástico bolha corretamente não terá mais problemas para embalar seus produtos e pertences durante a mudança ou envio.

 

 

 

ESTOPACK EMBALAGENS